Sombras na areia

Fotografias fascinantes que vão fazer pensar e letras de músicas eternas na nossa memória.

Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

11 junho, 2006

A Ponte



Lenine >> A Ponte


Como é que faz pra lavar a roupa?
Vai na fonte, vai na fonte
Como é que faz pra raiar o dia?
No horizonte, no horizonte
Esse lugar é uma maravilha
Mas como é que faz pra sair da ilha?
Pela ponte, pela ponte

A ponte não é de concreto
Não é de ferro, não é de cimento
A ponte é até onde vai o meu pensamento

A ponte não é para ir nem voltar
A ponte é somente atravessar
Caminhar nas águas desse momento

A ponte nem tem que sair do lugar
Aponte pra onde quiser
A ponte é o abraço do braço do mar com a mão da maré

A ponte não é para ir nem pra voltar
A ponte é somente atravessar
Caminhar sobre as águas desse momento

Nagô... Nagô... Na Golden Gate

Entreguei-te
Meu peito jorrando meu leite
Atrás do retrato-postal
Fiz um bilhete
No primeiro avião mandei-te
Coração dilacerado
De lá pra cá sem pernoite
De passaporte rasgado
Sem ter nada que me ajeite
Coqueiros varam varandas no Empire State
Aceite
Minha canção hemisférica
Minha voz na voz da América
Cantei-te
Amei-te

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

/body>